Rede Corporativa
, 23 de maio de 2019.
08/02/2013
Volume 6 - Número 1
Um Prêmio Nobel da Paz para as Santas Casas da Misericórdia

PDF file at the end of the article

Arquivo PDF ao final do artigo

 

EDITORIAL

 

Um Prêmio Nobel da Paz para as Santas

Casas da Misericórdia

A Nobel Peace Prize for the Santas Casas da Misericórdia

 

HENRIQUE SEIJI IVAMOTO

Editor da Acta Medica Misericordiæ do Centro de Estudos da Santa Casa da Misericórdia de Santos.

Universidade Metropolitana de Santos e Universidade Católica de Santos.

 

Ivamoto HS. A Nobel Peace Prize for the Santas Casas da Misericórdia. Acta Medica Misericordiæ 2003; 6 (1): 2-8

 

Resumo:

As Santas Casas da Misericórdia, instituições filantrópicas fundadas em Lisboa em 1498, disseminaram-se por Portugal, suas colônias e outras comunidades lusíadas pelo mundo. Em sua história pentasecular de solidariedade, atendendo um número incontável de necessitados, principalmente entre os enfermos, contribuíram de forma eficaz para a paz social. Pelas dimensões da filantropia praticada - gigantesca no tempo, no espaço e em número - a obra iniciada por Dona Leonor de Lencastre faz jus a um Prêmio Nobel pela Paz. Oswaldo Paulino, idealizador e fundador da Associação Nacional de Medicina do Trabalho, foi homenageado com o cargo de presidente de honra do International Congress on Occupational Medicine, ICOH 2003. João Garcia, diretor clínico da Santa Casa da Misericórdia de Santos, foi homenageado com o título de Cidadão Santista. Celso Schmalfuss Nogueira, presidente do Centro de Estudos, recebeu a medalha de honra ao mérito do prefeito municipal de Santos, como Médico do Ano, em reconhecimento pelo seu trabalho, particularmente no ensino. O livro “Lacaz, Ciência e Humanismo na Casa de Arnaldo”, laureado pela Academia Nacional de Medicina, foi lançado em três localidades: na Santa Casa da Misericórdia de Santos, na Faculdade de Medicina de Salvador e na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

 

Descritores: Hospitais filantrópicos. História da Medicina. Humanismo. Caridade. Prêmio Nobel.

 

Summary:

The Santas Casas da Misericórdia, philanthropic institutions founded in Lisbon in 1498, spread rapidly across the kingdom and other Portuguese communities around the world. In their fivecentury old history of solidarity, caring for countless numbers of people in need, particularly the sick, they have contributed in an effective way towards social peace. Due to the enormity of the philanthropy exercised by the Misericórdias - in space, in time and in number - the work initiated by Lady Leonor of Lencastre is worthy of a Nobel Prize for Peace. Oswaldo Paulino founder of the Brazilian National Association of Occupational Medicine, has been appointed to act as the honorary president of the International Congress on Occupational Medicine, ICOH 2003. João Garcia, clinical director of the Santa Casa da Misericórdia of Santos, was named  Citizen of Santos. Celso Schmalfuss Nogueira, president of the Study Center, received this year’s honor medal from the mayor of Santos, in recognition of his medical work, particularly in education. The book “Lacaz, Science and Humanism in the House of Arnaldo”, awarded by the Brazilian National Academy of Medicine, was launched in three locations: Santa Casa da Misericórdia de Santos, Medical School of Salvador and the School of Medicine of the University of São Paulo.

 

Key words: Hospitals, voluntary. History of Medicine. Humanism. Charities. Nobel Prize.

 



Atalhos da página



Revista Acta Medica Misericordiæ
A Revista das Santas Casas
Rede Corporativa e-Solution Backsite