Rede Corporativa
, 19 de agosto de 2019.
24/01/2019
Retratos das Misericórdias
Um mestre da Arte Divina

Um mestre da Arte Divina

A master of the Divine Art

 

Henrique S. Ivamoto

A Santa Casa da Misericórdia de Santos (SCMS), fundada em 1543 por Brás Cubas, é o mais antigo hospital brasileiro e também o primeiro hospital de ensino.

Um de seus primeiros discípulos foi José de Anchieta, que chegou em 1553. A Companhia de Jesus a que pertencia, fundada pelo militar espanhol Ignácio de Loyola, adotava treinamentos que tivera de ofício, como tratamentos de traumatismos e de enfermidades, à luz do conhecimento reinante na Europa e que seriam úteis para auxiliar no trabalho dos religiosos em terras distantes. Anchieta atuou na Santa Casa da Misericórdia de Santos, aplicando o que aprendera na Companhia de Jesus e também os conhecimentos adquiridos dos nativos, com quem sempre conviveu bem. De aprendiz tornou-se um mestre no hospital. Caminhava muito pela Capitania de São Vicente e por outras vizinhas. Em 1582, quando a esquadra espanhola chegou ao Rio de Janeiro com muitos enfermos, fundou a Santa Casa da Misericórdia local.

Além de Anchieta, outros atuaram na Misericórdia de Santos. 
Nos últimos tempos, destacaram-se os médicos Cláudio Luís da Costa, José Martins Fontes, Ranulfo Prata, Edgar Cerqueira Falcão, Arthur Domingues Pinto, Oswaldo Paulino e outros.

 

A revolução educacional do gaúcho Celso S. Nogueira

Nascido em Sapiranga, Rio Grande do Sul, fiel torcedor do Esporte Clube Internacional, Celso Schmalfuss Nogueira diplomou-se em Medicina pela Universidade Católica de Pelotas. Cursou a residência no Serviço de Anestesiologia da Santa Casa da Misericórdia de Santos, concluindo em 1977. Em seguida, tornou-se médico assistente e passou a dedicar-se ao ensino dos residentes e estagiários. Em 1993 e 1994, fez o curso de pós-graduação em Farmacologia da Universidade Católica de Santos. Além de evitar a dor durante uma cirurgia, a atuação do anestesista é fundamental na manutenção da vida do paciente.
Naqueles tempos, o hospital carecia de atividades didáticas para o Corpo Clínico. Aulas e palestras de cunho científico eram raras. As reuniões médicas eram basicamente voltadas a questões administrativas.

Em 1977, contando com o apoio da Provedoria de irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Santos, Celso S. Nogueira fundou o Centro de Estudos da Santa Casa da Misericórdia de Santos em 18 de Outubro, Dia do Médico. Foi a maior iniciativa educacional ocorrida no hospital desde sua fundação, que revolucionou o ensino na Misericórdia Santista. Celso convidou-nos para assumir o cargo de diretor editorial. Criou vários cursos, entre os quais se destacavam os Cursos Multidisciplinares. No ano seguinte, 1998, comemorando os 500 anos da fundação da primeira Santa Casa da Misericórdia lusíada, a de Lisboa, o Centro de Estudos lançou a revista Acta Medica Misericordiae. No ano 2000, em comemoração aos 500 anos da descoberta do país, a Sociedade Brasileira de História da Medicina decidiu realizar na Santa Casa de Santos, primeiro hospital do país, o V Congresso Brasileiro de História da Medicina, organizado pelo Centro de Estudos.

Além de presidir o Centro de Estudos desde sua fundação, Celso é o responsável pelo Centro de Ensino e Treinamento em Anestesiologia da Santa Casa de Santos e chefe da Residência Médica em Anestesiologia credenciado pelo Ministério da Educação e Cultura. Desde 2004 é Professor das Disciplinas de Anestesiologia e de Procedimentos Básicos em Medicina da Universidade Metropolitana de Santos. Tem vários livros, capítulos de livros e artigos científicos publicados.

 

Reconhecimento

 
Em razão de sua dedicação, foi agraciado com várias honrarias. Assim, é Hembro Honorário da Sociedade Boliviana de Anestesiologica, Reanimación y Dolor, Cruceno de Ora da Sociedade Boliviana de Anestesiologica, Reanimación y Dolor, Sócio Honorário da Sociedade de Anestesiologia de Minas Gerias, e Membro Benemérito da Sociedade de Anestesiologia do Estado do Pará. Em 2003, numa homenagem às suas atividades educativas, recebeu o Prêmio Médico do Ano, conferido pela Prefeitura Municipal de Santos.

Seu currículo é extenso. Todavia, mais do que as formalidades curriculares, o que se destaca em Celso é o seu amor pelo ensino, que não se limita à Anestesiologia. É um facilitador para toda e qualquer atividade que beneficie o ensino ou a pesquisa. Não procurou obter títulos acadêmicos formais como mestrado ou doutorado, que alguns possuem sem que tenham interesse nem vocação em ensinar ou em pesquisar.
Celso, que se mantém cientificamente atualizado, atuante na prática anestésica, e reconhecido pela sua grande responsabilidade é procurado por muitos médicos quando precisam de um profissional para um ente querido.

 

Personalidade carismática

 
Com sua boa índole e determinação em trabalhar e ajudar, Celso é querido por todos nos diversos locais em que trabalhou. Além da Santa Casa de Santos, atuou também no Hospital de Cubatão, na clínica Med-Center e no Instituto Médico Legal em Santos. Neste, tivemos o prazer de tê-lo como colega de trabalho. É querido não apenas pelos médicos, mas também por todos os demais funcionários dessas instituições. Sua personalidade é carismática. Brincando com o mesmo, disse-lhe que se ele se candidatasse a vereador, não precisaria fazer campanha, pois seria eleito pelos votos dos amigos.
 

Um Mestre autêntico

É com prazer que Celso transmite seu grande conhecimento e habilidades aos residentes e estagiários. Apaixonado pelo ensino, Celso é um autêntico Mestre e Doutor pela Universidade da Vida – um professor nato. Suas atividades engrandecem a Misericórdia Santista, a Universidade Metropolitana de Santos e a Sociedade Brasileira de Anestesiologia.

 

Leia “Nosso Admirável Educador”

http://www.actamedica.org.br/publico/noticia.php?codigo=90 

O texto "Nosso Admirável Educador", publicado na Accta Medica Misericordiae, foi publicado por ocasião da homenagem que a Prefeitura de Santos lhe fez em 17 de outubro de 2003.

Algumas imagens

 














 

Leia também "Nosso admirável educador"
http://www.actamedica.org.br/publico/noticia.php?codigo=90





 




Atalhos da página

Revista Acta Medica Misericordiæ
A Revista das Santas Casas
Rede Corporativa e-Solution Backsite